Tentando comecar...

Entao. Algumas meninas tao querendo saber como foi a chegada na casa, como ta sendo, etc, mas nem se animem girls, nao ta facil. Na sexta passada meus hosts foram me buscar na escola, a hosta me abracou e tal, os 2 super simpaticos, viemos conversando, os meninos tavam na escola. Chegamos, me mostraram meu quarto e falaram pra eu ficar a vontade. Arrumei minhas coisas e o menor chegou. Fui falar oi pra ele, ele tava meio timido. Ai a host mandou eu subir pra descansar, ai dormi a tarde e quando acordei o maior tinha chegado, me deu um abraco e ja foi contando da viagem pra Disney. A chegada nao foi aquela coisa linda, cartazes de boas-vindas, baloes, presentes na cama, nada disso. A noite o Dylan bateu na minha porta com uma sacola de presente, eram 2 tipo sabonetes liquidos, mas q tbm serviam de shampoo e sais de banho.... pelo menos eu tinha um shampoo, ja q esqueci o meu.... Nesse dia o host foi trabalhar, e jantamos em casa mesmo, ela fez um sanduiche pra mim (detalhe, eu so tinha tomado cafe da manha na St. Johns). Ai fui dormir cedo.

Sabado e domingo os 2 trabalharam, e os avos vieram pegar os meninos, entao fiquei sozinha quase o dia todo, ainda bem que eu to podendo usar o pc. Na segunda o host ficou em casa, e eu ajudei ele a olhar os meninos. Mas eu tava ficando incomodada de nao sair de casa, eu tava "presa" desde sexta. Ela levava os meninos pra passear e nem perguntava se eu queria ir junto e tal. Beleza.

Ai na terca eu comecei a ficar mal de nao sair de casa, e eles perceberam q tinha algo errado. A noite os 2 me chamaram pra conversar, perguntaram se eu tava homesick, falei que nao, a gente conversou um tempo, e falei pra host que precisava sair pra comprar umas roupas, principalmente uma jaqueta de frio, tava usando a da CC desde q eu tinha chegado. Ai na quarta de manha ja q os boys tavam na escola ela me levou na target, na verdade eh um estacionamento gigante com varias lojas grandes em volta. Ai comprei umas roupas, um livro e mais umas coisinhas. Dei uma animada de ter saido. A noite eu dei banho nos meninos sozinha, ela tinha me ensinado na noite anterior. Fiquei feliz por eles terem deixado. O mais novo principalmente eh EXTREMAMENTE apegado a mae, se ela ta perto ninguem chega perto, ele ficava me empurrando e gritando GO AWAY toda hora, tava com medo de q ele nao gostasse de mim, mas qdo ela nao esta, ele eh de boa. Mas irrita.

Ai ontem deu a merda. So o mais velho ia pra escola, entao ela me deixou com o mais novo pra levar o otro na escola e comprar umas coisas. A gente tava de boa, assistimos tv, brincamos um pouco, e os hosts tavam abrindo a piscina. Ai sai com ele no quintal pra brincar, corremos bastante, fomos andar de bicicleta na calcada, corremos na calcada e tal. Ai a mae foi montar uma mesinha dele la fora q bota agua dentro pra ele brincar. Ai eu sentei na sombra perto dele pra ficar olhando, ele tava bem brincando sozinho. O avo tbm tava aqui, conversando com o pai na piscina. Ai chegou o mais velho e foi brincar la tbm. E eu olhando. Ai o avo foi la brincar com eles. e a host me chama na cozinha. Nao vou entrar em detalhes porque foi muito chato, mas ela praticamente comecou a gritar comigo q eu era preguicosa, q eu devia ta la brincando com os 2 (como se eles fossem incapazes de brincar sozinhos), etc etc, teve bem mais mas prefiro nem lembrar. Rolou tbm um "nao me sinto confortavel de deixar meus filhos com vc" Juro que eu imaginei q ja ia rolar um rematch. Mas passou. Brinquei mais um pouco com eles e ela me deixou off. Tomei um banho pra relaxar, depois ela me chamou pro churrasco q eles tavam fazendo la em baixo e parecia q nada tinha acontecido.

Mas eu nao conseguia deixar de pensar naquilo, eu nao tinha feito nada de errado, ela nao precisava ter gritado comigo daquele jeito. Acordei hj cedo e fiquei na cama esperando os meninos acordarem e pensando em tudo aquilo, se valia a pena. Hj ela reclamou que eu levantei 6:03 e nao 6:00 e o bendito do mais novo resolveu levantar as 5:57, e eu deveria estar pronta ja, pq se fosse um dia de trabalho (como amanha) eu deveria ir pega-lo. Ai arrumei os lanches da escola. arrumei eles e eles foram pra escola. Ai fui pro quarto e nao aguentei, cai no choro por tudo, principalmente por saudade de casa. Ai tava indo no banheiro pegar um lenco, achei q ela tava no andar de baixo mas tava no quarto dela, e resolveu vir falar comigo justo na hora. Ai viu q eu tava mal, e eu falei q era homesick. Ai ela foi legal, falou q entende, que eu preciso conhecer pessoas, falou pra eu comprar um computador, e falou pra eu ir andar um pouco, me ensinou a ir na CVS (uma rede de mega farmacias q vende varias coisas). Ai eu fui agora pouco, andei bastaaante, comprei umas coisas, comi no Mc e deu uma melhorada.

Eu nao quero pedir rematch, eu gostei dos meninos e eles sao boas pessoas. Eu sei que vou engolir mto sapo ainda mas faz parte da vida. Eu vim pq eu quis. Mas aqui nao tem aquela de "agradar a au pair", ela deixou claro nas entrelinhas que nao gosta de ter au pair, tem pq precisa. E nao ve a hora de se aposentar pra nao precisar mais. E assim, a preocupacao deles comigo eh "ela estar bem pra cuidar dos meus filhos", nao se eu estou bem por mim mesma. Nao existe aquilo de "membro da familia", esquecam, isso deve existir em umas 3 familias por ai. Eh ruim sentir que ninguem ta muito interessado no que vc tem pra falar, ontem o avo tava conversando comigo, e foi a unica pessoa que eu senti que tava interessado em falar comigo.

Eu to estranha, to chorando por qq coisa, eu nao era assim. Mas eh soh eu comecar a pensar no Brasil, na minha casa, na minha familia, que o choro vai subindo. To falando com a minha mae toda noite no pc, ajuda um pouco. Mas ontem eu queria mandar tudo pro inferno e pegar o primeiro voo pra Sao Paulo. Eh mto ruim pensar q todas as pessoas que se importam com vc tao em outro pais. Ta dificil, nao sei como vai ser, amanha eh meu primeiro dia oficial de trabalho e eu to mais apreensiva por causa dela do que com o trabalho em si, tenho medo de fazer uma coisinha errada e dar motivo pra ela brigar comigo. Fico pensando que eu NAO preciso ouvir isso. Se continuar assim eu vou embora, nem que seja pro Brasil. Vou tentar, vamos ver no que vai dar.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

15 comentários:

Hane disse...

eu acho certo q vc queira tentar mais um pouco. se der mais umas semanas e vc ve q nao rola de jeito nenhum, q ela eh maluca, parece q tem dupla personalidade, ai vc poderia pedir rematch. VOCE. nao ela. eu tenho reparado q qd a AP que pede, eh mais facil achar familia. qdo a familia pede, eles deixam um MOTIVO lá e esse motivo as outras familias vao ver e aí é nisso q eles prejudicam a nossa vida, eh nisso q mta menina n consegue em 2 semanas e volta...toma cuidado pra se chegar a esse ponto, ela nao pedir rematch antes de vc, quem tem q pedir eh VC! ainda n to aí, imagino q n deve ser facil, tenho medo dessas hosts loucas, mas aguenta, pensa q vc nao foi a 1a e nem será a ultima a passar por isso. muita menina sofre MTO no começo e dps dá td certo, seja com essa mesma fam ou com outra. fica com Deus e boa sorte, aguenta! bjusss ;*** \o fé!!!

Helaine disse...

Oi, Lu! Eu ainda estou aqui e não tenho nem idéia do que você está passando, mas eu também concordo com a Hane! Tente ser forte pelo menos um mês (ou até quando você conseguir e achaar que é a hora de pedir um rematch). Eu sei que deve estar sendo uma situação horrível pra você, mas agora que você já viu que a sua host tem indicios de loucura, quando ela estiver por perto e você perceber, tente brincar com os meninos ou ficar próximo deles, para não ter que passar por "preguiçosa", já que a sua host acha que os filhos são bebês e não conseguem se divertir sozinhos. Sei lá, tenta "mostrar" serviço, se esforça e SEMPRE faça a SUA parte bem feita! Mas se mesmo assim não rolar, peça o rematch SIM! Você foi pra aí estudar, viajar e ser feliz e não para passar humilhações, pois como você mesma disse, você NÃO precisa disso! ;)

Um beijo e muita força, SEMPRE!

Nice Moraes disse...

Poxa Lullys... que chato...
or isso to fazendo questão de conversar com au pair das famílias q entram em contato, a gte nunca sabe o q nos espera né...

mas força querida, e não tenha medo do rematch se for necessário, o que não dá é pra ficar sofrendo, ok =]

beijuuuus

Mirelle disse...

Ei Lu, calma e força ok!
O começo é dificil, bem dificil, da uma saudade louca de casa, principalmente se as coisas estiverem complicadas. Nos dois primeiros dias q passei aqui eu quase pesquisei preço de passagem pra voltar por BR mas me segurei pq eu nao quero desistir.
Agora estou melhor, minha familia é legal mas tudo é mto diferente do que eu imaginei sabe, nao fiz algumas considerações q devia ter feito na hora da escolha.
Sua host deve estar estressada com outra coisa e sentindo a diferença entre vc q acabou de chegar e a AP q saiu e já estava acostumada com a rotina, releva um pouco mas se as coisas nao melhorarem vc pede rematch e tenta achar outra familia mais a sua cara.
Como alguem falou ai em cima nao viemos aqui pra sofrer e graças a Deus temos uma situação razoavel no BR q nos permite voltar de olhos fechados qdo essa loucura aqui nao valer mais a pena.
Se precisar to aqui viu!
Mi

Karina disse...

Oi Lu!!!

Forca pra vc ai. No comeco eh assim mesmo, ateh a gente se acostumar com td, com os hosts, as criancas... Parece q nunca vai acontecer, mas acontece! Aqui eu demorou uns 3 meses para o meu pekeno parar de chorar td dia qdo me via... Eu quase pedi rematch por causa dele. Hj em dia ele pergunta de mim qdo eu naum estou trabalhando.
Qdo eu cheguei a minha host tbm falou q eu tinha q brincar, correr, pular, rolar com as criancas e naum soh olhar, mas ela foi gentil, naum gritou, nem nada. Mas eh isso q a menina ai em cima falou, espera um pouco, se naum der... Pede rematch. Mas naum desista facil assim, naum.

Boa sorte e td de bom pra vc ai.
Beijos!!!

Marília disse...

Oi Lu!!
Então, todas as meninas que eu conheci aqui falaram que o período de adaptação é de dois a quatro meses. Eu não aguentei dois.
Eu tenho certeza que depois que essa saudade sem tamanho melhora, tudo acaba melhorando junto, só que eu vi que eu não queria esperar (ou não aguentaria) tanto tempo pra ela passar.
Aqui eu não me senti parte da família também, e resolvi voltar pra perto da minha. Independentemente do que eu tenha passado aqui, tudo valeu muito a pena!!
Eu espero que as coisas por aí melhorem.
Beijo!

Bárbara - Eco na Lua - disse...

Olha, nem sei o que dizer.
Mas que bom que decidiu tentar, vai ver melhora! Espero que sim, estamos todas torcendo por você.

Lis disse...

Oie Lu... agora fiquei muito preocupada com vc... nossa... que host pirada... nem precisava de tudo akilo... fora de noção ela. Tentar sempre é bom, é uma maneira de adaptação... quem sabe as cosias melhoras?Mias ñ volta ñ, tenhte fazer seu ano de uma forma proveitosa...
Bjs e se cuida!!!

Tássia Camargo disse...

Nossa! Fiquei emocionada com seu post! =/ Imagino que muitas meninas devem passar pelo menos que vc... Pensa nisso tb quando tiver que "engolir sapo". Claro que vc não merecia isso, pois vendo o que vc contou vc não fez nada de errado! Depende muito do temperamento da família e tudo mais, com certeza não deve ter a ver com vc!

Eu nem te conheço, mas acompanhando seu blog, me parece que vc é uma pessoa determinada, doce, responsável! Então, aguenta essa barra, menina! Vai levando na fé!! Só se começar a ficar muuuito dificil mesmo, aí talvez a melhor alternativa seja rematch ou voltar! O começo é dificil pelo que vejo (nunca fui au pair), mas as coisas com certeza tendem a melhorar! Vc tá há pouco tempo aí e pode surpreender a familia, ainda que ter au pair seja "necessidade" pra eles somente!!

Estou torcendo por ti!!

Beijos

Tássia Camargo disse...

Pelo MESMO* que vc :P

BÁRBARA! disse...

Oi Luu!
Olha..realmente de partir o coração esse seu post..é claro que pelo jeito não partiria o da sua host...que além de não ter coração parece nao ter mta massa cinzenta.
Não tem uma música q diz: how could she be so heartless?
É bom que vc dê chance para sua experiencia de viver nos eua, para a sua host family q tb passa por periodo de adaptaçao...mas acima de tudo está vc e o seu bem estar! Tente sim, mas nunca se contente com pouco! Faça como uma das meninas disse: se tiver q ter rematch...o faça vc!
Espero que esse rematch nao seja necessário e que tudo se ajeite aos poucos!!!
Best of luck to you!!!
Estamos todas torcendo por vc num final feliz!!
Beijooos

Loli disse...

Hey Lullys =(

Força migz.
Sei nem o que falar.

Minha amiga que foi como au pair há uns anos passou por vários brigas com a host dela, mas foi depois de bastante tempo até depois que ela tava na casa já. Falou que nem a mãe dela falava daquele jeito, quem era a mulher pra agir né.

Mas sabe aquelas coisas que entram no meio do caminho pra gente valorizar a experiencia? Parece a pior coisa do mundo. E ninguem vai te odiar se você tiver mal aí e voltar. Mas pensa direitinho porque afinal de contas, eu lembro muito bem o quanto você ficou feliz por ter encontrado essa família. FORÇA! =)

E sorte com a mulé ai uhauha

=**

Fê Castro disse...

Eu sempre te via no grupo do msn e na comu, mas acho que nunca tinha passado por aqui! rs
Não desiste não! tenta até o último minuto! Se a host for grossa com vc de novo, antes depedir rematch, seja sincera e fala oq vc ta sentindo! Fala q é tudo novo pra vc e que vc não está acostumada com essa vida ainda, que vai demorar um pouco pra vc se sentir 100% bem....se for necessário, faa que vc fica com medo da reação dela! Se não der certo, tchau, rematch! Eu sei que nao deve ser fácil o rematch, mas vc tem que pensar primeiro em vc, na SUA felicidade!
Espero que vc fique bem!
Vou te linkar no meu blog!
beijos e boa sorte!

.mari. disse...

Oi Lu,
Putz, eu sei que deve estar sendo barra pra vc agora, to me cagando de medo de sentir homesick tmb, ja que nao paro de chorar e ainda nem sai do brasil.

Mas sério, respira bem fundo, pensa em tudo que vc passou pra chegar ai, e pensa que é só o começo. Vc vai se adaptar e, quando menos perceber, vai se sentir em casa.

É foda e, a meu ver, muito desagradavel isso da familia não te dar muita bola. Porra, nem que seja pra vc estar bem só pra cuidar dos filhos deles, pra eles é melhor e mais lógico que vc se sinta bem. Acho que a familia tinha que se colocar um pouco no seu lugar, tipo "a menina largou casa, familia e amigos pra vir pra cá, ainda está em estado de choque, deve estar se sentindo meio por fora e com saudades de casa, o que podemos fazer pra ela se sentir melhor".

Fica calma, sério, que tudo vai melhorar. E no que precisar, no Brasil ou nos Eua, count on me!

Cláudia disse...

Lu, entendo o que voce esta passando, mas nao pensa que esta sozinha aqui, voce pode contar comigo, estou meio longe de voce, mas pode me ligar, ou me chamar no skype a hora que voce precisar, conversar eh bom.... Forca ai, esse periodo de adaptacao deve passar logo, e em breve estaremos bem... esse final de semana tambem ta meio dificil para mim.. nao por causa da familia (gracas a Deus eles gostam de mim e me elogiaram bastante na sexta), mas por causa da saudade de casa... da familia, do meu noivo... nao ta facil...Mais uma vez, forca ai Lu.. ninguem disse que seria facil, estamos ai para o que der e vier ok?!
Bjinhus

Postar um comentário